Voluntários do projeto Nordeste Radiante. (Foto: Comunicação IC

“Nós somos a resposta de Deus para a cura da terra e para a redenção de um povo”, lembrou pastor Carlito Paes.

 

A Igreja da Cidade, de São José dos Campos (SP), lidera uma força tarefa que atuará em quatro frentes nos nove estados do Nordeste brasileiro.

Com o nome de “Nordeste Radiante”, a campanha conta com a ajuda da Igreja Batista Sertaneja e será focada no plantio de igrejas no sertão, Rede Inspire e Fazenda Oásis.

Entre as ações desenvolvidas está o investimento em  sustentabilidade através da piscicultura, agricultura, fruticultura, agropecuária, poços artesianos e cultura de empreendedorismo em área de 300 mil m² auto-sustentável, segundo os pastores Carlito Paes e Douglas Santos.

Ainda este ano o pastor Douglas se mudará para Maceió (AL), onde irá implantar a Igreja de Maceió ainda em dezembro deste ano. Para janeiro de 2020, um projeto será realizado na cidade de Paulistana (PI) para levar dignidade para as vidas e onde uma igreja também será implantada.

“Todos somos brasileiros, todos somos responsáveis por orar, contribuir e se dispor com o Nordeste, que tem dados alarmantes por falta de qualidade de vida, em todos os aspectos”, enfatizou o pastor Carlito Paes, que completou: “A missão do Messias é a nossa missão. Somos uma igreja com discípulos avivados. Todos nós estamos envolvidos com esta realidade. Nós somos a resposta de Deus para a cura da terra e para a redenção de um povo. Isto deve ser algo orgânico, natural e espiritual em nós. Nossa vida aqui na terra é passageira, temporária e breve. A igreja não é o local de chegada e sim de partida”.

Quijingue

Projeto Nordeste Radiante. (Foto: Comunicação IC)

O primeiro projeto que integra o programa Nordeste Radiante foi realizado em Quijingue (BA), cerca de 50 missionários viajaram por 36 horas para conseguir chegar até a cidade e visitar comunidades, levando a palavra de Deus e batizando pessoas. O grupo ainda visitou 14 pastores locais e mais da metade deles aderiu à Rede Inspire.

Os missionários saíram de São José dos Campos e chegaram na cidade entregando brinquedos para 400 crianças que também foram ministradas. Homens e mulheres receberam ainda a oportunidade de fazerem unha, cabelo, maquiagem totalmente gratuitos.

Além disso, a sede da igreja recebeu tinta nova, instalação de som completo, reforma de dois banheiros e reparação elétrica.

Os missionários ainda ofereceram atendimentos na área jurídica e para 4 famílias a construção de banheiro completo, bomba submersa, pia, torneira e caixa d’água, sendo diretamente contempladas 30 pessoas com esta ação.

“Foi lindo o que Deus fez no sertão através desta missão”, declarou a jornalista Lucimara Pane que liderou a equipe de jornalismo durante a viagem.

“Quando chegamos havia chovido um mês antes. Pensamos que veríamos a terra rachada, carcaças de animais e o que vimos foi uma vegetação verde, o solo úmido. É como se Deus tivesse promovido a chuva para que a semente fosse lançada. E eu creio que ela vai crescer e gerar frutos para a Glória de Deus.  A presença da equipe missionária marcou um tempo em que eles puderam se sentir amados e cuidados. É isso que o nosso Pai faz com a gente”.

Membro na IC desde 2007, Lucimara é voluntária na Extensão Jardim das Indústrias, como líder do Ignição. Serve também no Alvorada da Vitória e no ministério 30 Semanas.

Atendimento médico

Houve 140 atendimentos médicos e 50 atendimentos de fisioterapia ortopédica. 90 pessoas fizeram teste de glicemia capilar, eletrocardiogramas e verificações de pressão arterial.

A médica missionária Cristiane Simões observou que muitas crianças e adultos apresentavam sintomas tais como tonturas, obstipação intestinal, cefaleia e alterações laboratoriais relacionadas à desidratação. Foram observados também casos de desnutrição e parasitoses intestinais evidentes.

Segundo a médica, culturalmente a população ingere uma quantidade de água menor do que realmente necessita. “A minha percepção é que boa parte dessa geração teve uma vivência de escassez de água muito grande, mas eles não sabem usufruir desse benefício”. Hoje a água é tratada e encanada na região, mas para ela os moradores ainda não entendem essa importância.

Cristiane faz uma relação desse caso com a vida espiritual, quando às vezes temos a Água da Vida ao nosso dispor e não bebemos. “A mesa está posta, precisamos tomar a atitude de beber. Que nós , como Igrejas, sejamos essa fonte de água da vida no Nordeste”, comenta a médica cardiologista.

Na área odontológica, as pessoas que tiveram seus sorrisos renovados receberam 100 atendimentos com procedimentos diversos: extração; restauração; limpeza; próteses: 80 peças de próteses dentárias foram produzidas ali mesmo e contemplaram 45 pessoas.

O pastor Douglas reforçou a importância desta missão: “Estou voltando com uma paixão renovada e um desejo gigante de avançar com a igreja no nordeste! Nosso nordeste é radiante porque a glória de Cristo está lá! Os grandes feitos do nosso Senhor sempre serão maiores e mais fortes do que as adversidades”.