Foto: Jackson Ciceri/FNM

A Warner Music Brasil, parte nacional de uma das maiores gravadoras do mundo, anunciou nesta semana a sua primeira participação no segmento evangélico nesta década com a contratação da cantora Anayle Sullivan, esposa do hitmaker Michael Sullivan.

Anayle iniciou sua carreira no meio evangélico recentemente, lançando seu disco de estreia pela Sony Music Brasil. Agora, na Warner, a intérprete chegou a anunciar, pelas suas redes sociais, a gravação de um DVD.

Não é a primeira vez que a gravadora lança discos de artistas evangélicos. No início da década de 1990, antes da Continental ser comprada pela Warner, a gravadora lançou o primeiro álbum solo da carreira de Carlinhos Felix, Coisas da Vida.

Além de Carlinhos Felix, a Warner lançou discos como Por Cima dos Montes (1996) do Rebanhão e três discos do Catedral: Para Todo Mundo (1999), Mais do que Imaginei (2001) e 15º Andar (2002).

Outro artista que, em tempos produzia discos evangélicos e os lançava pela Warner, foi Nelson Ned. E, no período recente de sua conversão, Rodolfo Abrantes fez parte da banda de hardcore Rodox, cujos álbuns foram distribuídos pela major.